Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia do Estado de Mato Grosso do Sul
Facebook Twitter Youtube Sound Cloud
Notícias EconomiaGovernador assina decretos que mudam organograma estadual falando em efici√™ncia e economia de R$ 130 milh√Ķes

Governador assina decretos que mudam organograma estadual falando em efici√™ncia e economia de R$ 130 milh√Ķes

Campo Grande (MS) ‚Äď Depois de sancionar lei que reorganiza a estrutura do Governo do Estado para gerar economia nos cofres p√ļblicos e manter a efici√™ncia da gest√£o estadual, o governador Reinaldo Azambuja designou novos dirigentes para administrarem secretarias e funda√ß√Ķes. Nesta sexta-feira (17), Reinaldo assinou decretos que modificam o organograma estadual em solenidade na governadoria e explicou que a finalidade da reforma administrativa √© economizar ao menos R$ 130 milh√Ķes ainda em 2017. Confira abaixo os principais trechos da entrevista concedida pelo governador √† imprensa.

Solenidade de assinatura de decretos e designa√ß√Ķes foi realizada na governadoria

Economia

‚ÄúA economia (com a reforma administrativa) j√° est√° sendo poss√≠vel. Tivemos v√°rias exonera√ß√Ķes de servidores comissionados e j√° temos, com esse enxugamento de agora, uma estrutura mais enxuta. J√° fizemos tamb√©m a redu√ß√£o de alguns contratos, o que gera mais economia. E qual √© o objetivo? √Č nesse ano de 2017 economizar R$ 130 milh√Ķes com a reforma administrativa. E isso ajuda muito para que a gente possa gastar menos com o governo para gastar mais para fora, continuando com as pol√≠ticas p√ļblicas que para n√≥s s√£o essenciais para o dia a dia das pessoas. Essas pol√≠ticas p√ļblicas s√£o as entregas na sa√ļde, na seguran√ßa, na habita√ß√£o e na infraestrutura. Nessa √°rea, por exemplo, vamos fazer um grande investimento na recupera√ß√£o de vias p√ļblicas em parceria com os munic√≠pios. Ent√£o, acho que isso √© necess√°rio e n√≥s encontramos o ponto de equil√≠brio do tamanho da m√°quina p√ļblica de Mato Grosso do Sul, que hoje √© o Estado com menor estrutura administrativa do Pa√≠s. Eu n√£o tenho d√ļvidas que ser√° um Estado eficiente nas entregas que t√™m que ser feitas, um Estado que continua, mesmo na maior crise da rep√ļblica brasileira, fazendo as entregas importantes √† popula√ß√£o.

Resultados

Resultados da gest√£o j√° temos. Na Educa√ß√£o: melhor sal√°rio de professores do Brasil. Sa√ļde: j√° existe uma l√≥gica regional. Temos hospitais regionais fazendo a m√©dia e a alta complexidade. Infraestrutura: muita coisa sendo executada. Saneamento: maior projeto de PPP est√° sendo feito em Mato Grosso do Sul. Daqui a alguns dias terminamos isso e vamos ser o √ļnico estado com 100% de esgotamento sanit√°rio em 68 cidades. Seguran√ßa P√ļblica: nos indicadores do Brasil, se voc√™ olhar, somos o terceiro Estado mais seguro do Pa√≠s, isso feito √†s custas das entregas, dos policiais e equipamentos novos. N√≥s fal√°vamos agora, vamos abrir 3,5 mil vagas no sistema prisional em um mandato. √Č muito mais do que foi feito nos 40 anos do Estado. Hoje temos 7,5 mil vagas que foram constitu√≠das em 40 anos de governo. Em um mandato vamos praticamente aumentar em 50% as vagas do sistema prisional. Ent√£o, acredito que isso mostra as entregas que o governo tem feito, mesmo em uma crise nacional. Voc√™ governar na bonan√ßa √© f√°cil. Nos anos anteriores voc√™ tinha crescimento, a receita crescia. N√≥s estamos governando praticamente com a mesma receita de 2014, e mesmo assim com a economia, com a gest√£o e com o planejamento conseguindo fazer entregas importantes, como essas que foram citadas.

Infraestrutura

N√≥s j√° temos muitos projetos andando na √°rea da infraestrutura. Mas eu digo a voc√™s que n√≥s teremos um grande investimento nessa √°rea, com os 79 munic√≠pios sendo atendidos justamente com as economias do Fundersul e com as economias da Cide. Ent√£o, n√£o √© empr√©stimo, √© dinheiro pr√≥prio do imposto pago pelo cidad√£o sul-mato-grossense, com uma gest√£o respons√°vel nesse fundo rodovi√°rio que vai dar uma din√Ęmica maior e um atendimento em v√°rias √°reas. N√£o √© bondade, √© a presen√ßa do Estado, mesmo em uma crise enorme, mostrando que, com responsabilidade, consegue ser econ√īmico e fazer investimentos importantes nas 79 cidades de Mato Grosso do Sul.

Vai ser investimento em feito infraestrutura urbana, saneamento, recapeamento, constru√ß√£o de rodovias, restaura√ß√£o de rodovias e constru√ß√£o de pontes, onde temos maior programa de pontes de concreto. Temos 47 sendo executadas, vir√£o mais 28. Vamos fazer mais pontes de concreto em um mandato do que tudo que foi feito em 40 anos da divis√£o do Mato Grosso do Sul. Ent√£o, s√£o quest√Ķes que o planejamento possibilita a Mato Grosso do Sul fazer essa entregas que s√£o importantes, e nos pr√≥ximos meses n√≥s vamos apresentar a voc√™s esse esbo√ßo dos investimentos. Muitos j√° est√£o sendo executados, mas outros muitos vir√£o a ser executados nas 79 cidades do Estado.

Texto: Bruno Chaves, Subcom | Fotos: Chico Ribeiro.

BOLETIM INFORMATIVO

MS FAZ CIÊNCIA

Nº 10

VER ONLINE
+ Edições

BASE DE PROJETOS

desenho de uma lupa

REVISTA

CORUMBELLA

Nº 04

VER ONLINE
+ Edições

Seções

A Fundect

Programas

SIGFAP

Parceiros

CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Cient√≠fico e Tecnol√≥gico CAPES - Coordena√ß√£o de Aperfei√ßoamento de Pessoal de N√≠vel Superior FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial Sebrae - Servi√ßo Brasileiro de Apoio √†s Micro e Pequenas Empresas CONFAP - Conselho Nacional das Funda√ß√Ķes Estaduais de Amparo √† Pesquisa CONSECTI - Conselho Nacional de Secret√°rios Estaduais para Assuntos de Ci√™ncia, Tecnologia e Inova√ß√£o SECTEI - Secretaria de Estado de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inova√ß√£o ABDI - Ag√™ncia Brasileira de Desenvolvimento Industrial